Vegetative growth and nutrient content in olive seedlings in competition with weeds

  • Larissa Madureira Martins UFVJM - Programa de Pós-graduação em Produção Vegetal
  • Maria do Céu Monteiro Cruz UFVJM - Departamento de Agronomia, Programa de Pós Graduação em Produção Vegetal, Diamantina, MG
  • Adelson Francisco de Oliveira EPAMIG - U.R. Sul de Minas
  • José Barbosa dos Santos UFVJM - Programa de Pós-graduação em Produção Vegetal.
  • Miriã Cristina Pereira Fagundes UFVJM - Programa de Pós-graduação em Produção Vegetal.
Keywords: competitivity, management, nutritional status

Abstract

Olive tree has improved yield and production area in Brazil. However, little is known about the weeds impact on olive tree growth and nutrition. The study was carried out to evaluate the vegetative growth and nutrient contents in olive tree seedlings in competition with different weed species. The 2x5 factorial scheme was used, being the factors a combination of two olive cultivars (‘Arbequina’ and ‘Ascolano’) and four competing plant species, Brachiaria brizantha, Amaranthus retroflexus, Bidens pilosa, Cenchrus echinatus and one control treatment (without competition), distributed in a completely randomized design with four replications and the evaluations were carried out at 45 and 90 days after weed emergence. For each specie, the density of one competing plant per pot was established and the thinning was done immediately after weed emergence. The period of coexistence between olive cultivars and competing plants was 90 days after weed emergence. Weed competiton affectedolive seedlings growth, dry mass and nutrient accumulation.. ‘Ascolano’ was more tolerant to weed competition and A. retroflexus and B. pilosa were the species with the greater potential to competition with olive seedlings.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Maria do Céu Monteiro Cruz, UFVJM - Departamento de Agronomia, Programa de Pós Graduação em Produção Vegetal, Diamantina, MG
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal da Paraíba, Mestrado em Fitotecnia/Produção Vegetal pela Universidade Federal de Viçosa e Doutorado em Agronomia/Fitotecnia pela Universidade Federal de Lavras. Atualmente é Professora da UFVJM. Atua na área de Fitotecnia, com ênfase em Fruticultura nos seguintes temas: Propagação, manejo da produção e ecofisiologia de espécies frutíferas.
Adelson Francisco de Oliveira, EPAMIG - U.R. Sul de Minas
Pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais EPAMIG, detentor de bolsa de incentivo a pesquisa da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais - FAPEMIG, lotado no Centro Tecnológico Sul de Minas - CTSM, com sede em Lavras MG. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitotecnia, atuando principalmente nos seguintes temas: propagação de plantas e produção de mudas, propagação vegetativa, além de auxiliar para aprendizagem e aperfeiçoamento de alunos de graduação e pós graduação futuros novos pesquisadores, especialmente com relação a cultura da Oliveira.
José Barbosa dos Santos, UFVJM - Programa de Pós-graduação em Produção Vegetal.
PÓS DOUTORADO EM FITOTECNIA (PRODUÇÃO VEGETAL) PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VICOSA (UFV) EM 2007. ATUALMENTE É PROFESSOR NA ÁREA DE PLANTAS DANINHAS DO DEPARTAMENTO DE AGRONOMIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI (UFVJM). É DOCENTE PERMANENTE DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL. É CRIADOR E LÍDER DO GRUPO DE PESQUISA "MANEJO SUSTENTÁVEL DE PLANTAS DANINHAS
Published
29-12-2015
How to Cite
Martins, L. M., Cruz, M. do C. M., de Oliveira, A. F., dos Santos, J. B., & Fagundes, M. C. P. (2015). Vegetative growth and nutrient content in olive seedlings in competition with weeds. Comunicata Scientiae, 6(4), 430-436. https://doi.org/10.14295/cs.v6i4.849
Section
Original Article