Superação de dormência em sementes de Mimosa setosa Benth.

Huezer Viganô Sperandio, José Carlos Lopes, Miele Tallon Matheus

Abstract


Objetivou-se com este estudo avaliar diferentes métodos para quebra de dormência das sementes de Mimosa setosa, sendo os tratamentos: testemunha (T1); imersão em Ácido Sulfúrico por um e três minutos (T2 e T3); imersão em água quente a 70 °C por um, três e cinco minutos (T4, T4 e T6); imersão em água quente a 80 °C por um, três e cinco minutos (T7, T8 e T9); e umedecimento inicial do substrato com Nitrato de Potássio 0,2% (T10). As sementes foram colocadas para germinar em placas de Petri com substrato sobre papel em câmara de germinação do tipo BOD sob temperatura constante de 30°C. Utilizaram-se quatro repetições de 25 sementes. Os tratamentos com Ácido Sulfúrico e água quente apresentaram os melhores resultados, diferindo estatisticamente da testemunha (T1) e do T10, para o IVG e a porcentagem de germinação. A massa  seca das plântulas não difere entre os tratamentos, apresentando média de 0,019 g plântula-1. Os resultados evidenciam dormência causada por impermeabilidade do tegumento das sementes de M. setosa à água, sendo os tratamentos com ácido sulfúrico e água quente eficientes para sua superação.

 

Overcoming dormancy in Mimosa setosa Benth. seeds

Abstract

The objective was to evaluate different methods of breaking seed dormancy of M. setosa, and thetreatments: control (T1), Sulfuric Acid for one and three minutes (T2 and T3), immersion in hot waterat 70 °C for one, three and five minutes (T4, T4 and T6); immersion in hot water at 80 °C for one, threeand five minutes (T7, T8 and T9), and initial wetting of the substrate with 0.2% Potassium Nitrate (T10).The seeds were germinated in Petri dishes on paper substrate in the germination chamber BOD at aconstant temperature of 30 °C. We used four replications of 25 seeds. Treatment with sulfuric acidand hot water showed the best results, differing from the control (T1) and the T10 for the IVG and thepercentage of germination. The dry matter did not differ between treatments and averaged 0.019 gseedling-1. The results show numbness caused by impermeability of the seed coat of M. setosa water,and the treatments with sulfuric acid and hot water efficient to overcome.


Keywords


germinação, sementes duras, leguminosa



Copyright (c)