Sediment Losses in Watersheds in the Western-Center Meso-Region Rio-grandense

  • Ivan Renato Cardoso krolow Universidade Federal de Santa Maria/ Programa de Pós Graduação em Ciencias do Solo/ Departamento de Solos.
  • Danilo Dos Santos Rheinheimer Professor do Departamento de Solos, Universidade Federal de Santa Maria. Bolsista do CNPq. Cep.97105900, Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária, Bairro Camobi, Santa Maria/RS
  • André Pellegrini Professor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Dois Vizinhos. Estrada para Boa Esperança, Km 04, Interior. 85660000 - Dois Vizinhos, PR - Brasil - Caixa-postal: 97105490
  • Jimmy Walter Rasche Alvarez
  • Daniela da Rocha Vitória krolow Pesquisadora, Pós doc- Ciência do Solo, Departamento de Solos, Universidade Federal de Santa Maria. Cep. 97105030, Rodovia RST 287, 8000, ap. 302, Bairro Camobi, Santa Maria/RS.
  • Benkhelifa Mohammed Department of Agronomy, Faculty SNV, University A. IbnBadis of Mostaganem (UMAB), PoBox 227, 27000 Mostaganem, Algeria

Abstract

The permanent monitoring of sediment losses in small-paired watersheds is still incipient, especially in what concerns the search for information that combines variables that are part of an open and dynamic system. In this sense, this work investigated sediment losses in watersheds in the Western Meso-region Rio-grandense from 07/2010 to 12/2012. The auxiliary variables were composed of rainfall, surface and base flow and kinetic energy – in comparison to the morphometry of each microbasin and its use – to the concentration of suspended sediments and total sediment loss. Statistical analysis of the data was based on descriptive statistics, taking into account the indicators of cumulative, average, standard deviation, standard error and variance, as well as regression analysis. The largest mild to smooth corrugate relief area of the smallest river basins is not sufficient to provide lower superficial runoff values. The increase in rainfall directly contributes to the increase in kinetic energy, and leads to greater sediment losses in both small hydrographic basins. The larger area occupied by natural water reservoirs contributes efficiently to the reduction of suspended sediment losses. The watershed with larger area is more susceptible to the triggering of erosive processes than to the smaller area, in 8 (2010), 6 (2011) and 4 (2012) times.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Ivan Renato Cardoso krolow, Universidade Federal de Santa Maria/ Programa de Pós Graduação em Ciencias do Solo/ Departamento de Solos.
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Pelotas (2005), mestrado em Agronomia pela Universidade Federal de Pelotas (2007) e Doutorado em Agronomia pela Universidade Federal de Pelotas (2011). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em fertilidade e manejo do solo, seleção, produção e manejo de forrageiras e hortaliças em sistema aberto, atuando principalmente nos seguintes temas: recuperação e manutenção da fertilidade do solo, estudo de impactos ambientais oriundos da exploração agropecuária em espécies da macro e mesofauna do solo e melhoramento vegetal - hortaliças. Pós doctor desde 08/2015 na UFSM, Programa de Pós Graduação/Departamento de Solos.
Danilo Dos Santos Rheinheimer, Professor do Departamento de Solos, Universidade Federal de Santa Maria. Bolsista do CNPq. Cep.97105900, Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária, Bairro Camobi, Santa Maria/RS

Membro da Academia Francesa de Agricultura. Eu fui Diretor-Presidente da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio Grande do Sul durante o período 2011/2014. Professor Associado da Universidade Federal de Santa Maria. Eu sou filho de pequenos agricultores. Permaneci trabalhando na roça até ingressar na Agronomia em 1984. Graduei-me em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (1988). Eu fiz mestrado em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (1991) e doutorado em Ciências do Solo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2000). Eu fiz pós-doutorado no INRA-Versailles/França em 2005-2006, cujo tema foi a transferência de metais pesados ao lençol freático. Após meu mestrado fui trabalhar na Universidade de Santa Catarina, onde permaneci até meados de 1994. Lá ministrei aulas de Química Analítica, Introdução à Ciência do Solo e Fertilidade do Solo. Em maio de 94 ingressei na Universidade Federal de Santa Maria, ministrando aulas na Graduação em Agronomia, Engenharia Floresta, Zootecnia e Agricultura Familiar e Sustentabilidade. Atualmente sou Professor Associado e sou pesquisador ID do CNPq. Eu sou o Diretor-Presidente do Núcleo de Estudos em Solos e Água na Agricultura Familar. Esse núcleo é composto por mais de 20 Entidades ligadas à Agricultura Familiar Brasileira. Eu sou o coordenador do Grupo de Pesquisa "Biogeoquímcia e Produtividade do Solo". Atuo no Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo, cujos projetos estão concentrados nas linhas de pesquisas (a) Transferência de elementos químicos do sistema terrestres aos manancias aquáticos e (b) Dinâmica de nutrientes e elementos tóxicos e recomendação de adubação e calagem. Eu tenho experiência na área de Agronomia, especialmente, na Agricultura Familiar, com ênfase na biogeoquímica dos elementos e na contaminação ambiental.

André Pellegrini, Professor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Dois Vizinhos. Estrada para Boa Esperança, Km 04, Interior. 85660000 - Dois Vizinhos, PR - Brasil - Caixa-postal: 97105490

Possui graduação em Agronomia (2003) e em Formação de Professores para Educação Profissional (2010) pela Universidade Federal de Santa Maria, mestrado (2006) e doutorado (2013) em Ciência do Solo pela mesma instituição (UFSM). Atualmente é professor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus de Dois Vizinhos. Atua da área de Física do Solo e Manejo de Bacias Hidrográficas, nos cursos de Agronomia e Engenharia Florestal.

Jimmy Walter Rasche Alvarez

Possui graduação em Ingeniería Agronomica - Universidad Nacional de Asunción (2000) e Mestrado em Ciência do solo- Universidade Federal de Santa Maria (2004), atualmente se encontra realizando o Doutorado em Ciência do Solo na UFSM. Atualmente é professor e pesquisador - Universidad Nacional de Asunción, atuando principalmente em tema relacionado a Fertilização de cultivos anuais.

Daniela da Rocha Vitória krolow, Pesquisadora, Pós doc- Ciência do Solo, Departamento de Solos, Universidade Federal de Santa Maria. Cep. 97105030, Rodovia RST 287, 8000, ap. 302, Bairro Camobi, Santa Maria/RS.

Possui Graduação em Agronomia pela FAEM/UFPel (2003), Formação pedagógica em Biologia - Licenciatura pelo Centro Universitário Claretiano (2013), Mestrado em Agronomia - Ciência do solo, pela FAEM/UFPel (2005) e doutorado em Agronomia - Produção vegetal, FAEM/UFPel (2009). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Solo e Produção Vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: manejo e conservação do solo, biologia do solo, tratamento de resíduos orgânicos e sistemas de produção ecológicos. Experiência profissional em Administração em Agroindústria. Docência de Graduação e Pós-Graduação. Tutoria no curso Técnico em Agroindústria EAD.

 

Benkhelifa Mohammed, Department of Agronomy, Faculty SNV, University A. IbnBadis of Mostaganem (UMAB), PoBox 227, 27000 Mostaganem, Algeria

Possui doutorado em Ciências Agronômicas pelo Instituto Nacional Agronômico d´El Harrach Alger Argélia, obtido em 2007. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Ciência do Solo. Desde 1985 é professor do Departamento de Agronomia da Universidade de Mostaganem, na cidade de Mostaganem, Argélia.

References

Cabral, S.L., Reis, R.S., Júnior, C.R.F. 2013. Avaliação do efeito da urbanização na produção de sedimentos da bacia do rio Jacarecica/AL mediante uso de modelo hidrossedimentológico distribuído. Revista Brasileira de Ciência do Solo 37: 1073-1080.

Chow, V.T., Maidment, D.R., Mays, L.W. 1988. Applied hydrology. McGraw-Hill Education, New York, USA. 475p.

Ferrari, J.L., Silva, S.F., Santos, A.R., Garcia, R.F. 2013. Análise morfométrica da sub-bacia hidrográfica do córrego Horizonte Alegre, ES. Revista Brasileira de Ciências Agrárias 8: 181-188.

Ferreira, R.G., Moura, M.C.O., Castro, F.S. 2012. Caracterização morfométrica da sub-bacia do Ribeirão Panquinhas, ES. Enciclopédia Biosfera 8: 2247-2256.

Johnston, C.A. 2014. Agricultural expansion: land use shell game in the U.S. Northern Plains. Landscape Ecology 29: 81-95.

Lu, C.X., Yu, G., Xiao, Y., Xie, G.D. 2013. Wind tunnel simulation and evaluation of soil conservation function of alpine grassland in Qinghai–Tibet Plateau. Ecological Economics 86: 16-20.

Medeiros, I.C., Silva, R.M. 2014. Análise da erosão hídrica na região Semiárida da Paraíba usando o modelo Swat acoplado a um Sig. Geociência 33: 457-471.

Minella, J.P.G., Merten, G.H., Magnago, P.F. 2011. Análise qualitativa e quantitativa da histerese entre vazão e concentração de sedimentos durante eventos hidrológicos. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 15: 1306-1313.

Minella J.P.G., Walling, D.E., Merten, G.H. 2008. Combining traditional monitoring and sediment source tracing techniques to assess the impact of improved land management on catchment sediment yields. Journal of Hydrology 348: 546-563.

Nyssen, J., Clymans, W., Poesen, J., Vandecasteele, I., Baets, S., Haregeweyn, N., Naudts, J., Hadera, A., Moeyrsons, J., Haile, M., Deckers, J. 2009. How soil conservation affects the catchment sediment budget - A comprehensive study in the north Ethiopian highlands. Earth Surface Process 34: 216-1223.

Oliveira, L. C., Bertol, I., Barbosa, F.T., Campos, M.L., Junior, J.M. 2015. Perdas de solo, água e nutrientes por erosão hídrica em uma estrada florestal na Serra Catarinense. Ciência Florestal 25: 655-665.

Pedron, F.A., Poelking, E.L., Dalmolin, R.S.D., Azevedo, A.C., Klamt, E. 2006. Aptidão de uso da terra como base para o planejamento da utilização dos recursos naturais no município de São João do Polêsine - RS. Ciência Rural 36: 105-112.

Perazzoli, M., Pinheiro, A., Kaufmann, V. 2013. Efeitos de cenários de uso do solo sobre o regime hídrico e produção de sedimentos na bacia do Ribeirão Concórdia-SC. Revista Árvore 37: 859-869.

Pinheiro, E.A.R., Araújo, J.C., Fontenele, S.B., Lopes, J.W.B. 2013. Calibração de turbidímetro e análise de confiabilidade das estimativas de sedimento suspenso em bacia semiárida. Water Resources and Irrigation Management 2: 103-110.

Ran, Q., Su, D., Li, P., He, Z. 2012. Experimental study of the impact of rainfall characteristics on runoff generation and soil erosion. Journal of Hydrology 424-425: 99-111.

Rocha, R.M., Lucas, A.A.T., Almeida, C.A.P., Neto, E.L.M., Netto, A.O.A. 2014. Caracterização morfométrica da sub-bacia do rio Poxim-Açu, Sergipe, Brasil. Revista Ambiental Água 9: 276-287.

Santos, A.M., Targa, M.S., Batista, G.T., Dias, N.W. 2006. Análise morfométrica das sub-bacias hidrográficas Perdizes e Fojo no município de Campos do Jordão, SP, Brasil. Revista Ambiente & Água - An Interdisciplinary Journal of Applied Science 7: 195-211.

Sari, V., Paiva, E.M.C.D., Paiva, J.B.D. 2016. Interceptação da chuva em diferentes formações florestais na região sul do Brasil. Revista Brasileira de Recursos Hídricos 21: 65-79.

Silva, F.G.B., Lombardi Neto, F., Primavesi, O., Crestana, S. 2010. Previsão da perda de solo na Fazenda Canchim - SP (EMBRAPA) utilizando geoprocessamento e o USLE 2D. Engenharia Sanitária e Ambiental 15: 141-148.

Silva, E.B., Nogueira, R.E., Uberti, A.A.A. 2010. Avaliação da aptidão agrícola das terras como subsídio ao assentamento de famílias rurais, utilizando sistemas de informações geográficas. Revista Brasileira de Ciência do Solo 34: 1977-1990.

Souza, M.M., Gastaldini, M.C.C. 2014. Avaliação da qualidade da água em bacias hidrográficas com diferentes impactos antrópicos. Engenharia Sanitária e Ambiental 19: 263-274.

Torres, J.L.R., Fabian, A.J., Silva, A.L., Pessoa, E.J., Silva, E.C., Resende, E.F. 2008. Diagnóstico ambiental e análise morfométrica da microbacia do córrego Lanhoso em Uberaba, MG. Revista Caminhos de Geografia 9: 1-11.

Tucci, C.E.M. 2002. Regionalização de vazão. Ed. da UFRGS, Porto Alegre, Brasil. 256p.

Verstraeten, G., Poesen, J., Demarée, G., Salles, C. 2006. Long-term (105 years) variability in rain erosivity as derived from 10-min rainfall depth data for Ukkel (Brussels, Belgium): Implications for assessing soil erosion rates. Journal of Geophysical Research 111(D22109): 1-11.

Wischmeier, W.H., Smith, D.D. 1978. Predicting rainfall erosion losses – a guide to conservative planning. Department of Agriculture, Agriculture Handbook, Washington, USDA. 58p.

Published
17-04-2019
How to Cite
krolow, I. R., Rheinheimer, D., Pellegrini, A., Alvarez, J., krolow, D., & Mohammed, B. (2019). Sediment Losses in Watersheds in the Western-Center Meso-Region Rio-grandense. Comunicata Scientiae, 10(1), 98-108. https://doi.org/10.14295/cs.v10i1.2440
Section
Original Article