Action of cinetina, butyric acid and gibberellic acid on the emergency of sunflower under aluminum stress

  • Carlos Alan Couto IF Baiano
  • Clovis Pereira Peixoto Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Elvis Lima Vieira Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Everton Vieira Carvalho Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Vicente Américo Barbosa Peixoto Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Abstract

Objetivou-se avaliar a ação do bioestimulante vegetal Stimulate® (0,009% de cinetina, 0,005%de ácido indolbutírico e 0,005% de ácido giberélico) na emergência de plântulas de girassol(Helianthus annuus L.), em condições de estresse por alumínio. Utilizou-se tricloreto de alumínio,AlCl3, na concentração de 4 mg L-1 e o bioestimulante vegetal Stimulate® nas concentrações: 0,5,2,0, 3,5 e uma testemunha sem adição do produto. As sementes de girassol da variedade BR 122foram pré-embebidas nas soluções (tratamentos) por 4 horas e em seguida semeadas em bandejascontendo areia lavada. Foram utilizados 200 sementes para cada tratamento em 4 repetições de50 sementes cada. A solução contendo 4 mg L-1 de Al+3, foi ajustada para o pH 4,5 e em seguidairrigou-se todas as bandejas, inclusive o controle, até atingir 60% de saturação hídrica. Aos trêsdias após a semeadura (3 DAS), foi avaliada a porcentagem de plântulas emergidas no primeirodia (PEM1). Quando ocorreu a estabilidade da emergência, aos 13 DAS, foi avaliado o índice develocidade de emergência (IVE). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com5 tratamentos e 4 repetições e os dados submetidos à análise de variância e estudo de regressãopolinomial. A pré-embebição de sementes de girassol com bioestimulante vegetal promoveaumento significativo no início da emergência de plântulas de girassol em condições de estressecom alumínio.

 

Action of cinetina, butyric acid and gibberellic acid on the emergency of sunflowerunder aluminum stress

The objective was to evaluate the action of plant biostimulant Stimulate® (0.009 % kinetin, 0.005 %butyric acid and 0.005 % gibberellic acid) on the emergence of sunflower (Helianthus annuus L.)under conditions of aluminum stress. We used aluminum trichloride, AlCl3, at a concentration of 4 mgL-1 and plant biostimulant Stimulate® concentrations: 0.5, 2.0, 3.5 and 5.0 mL L-1 and a control withoutaddition of the product. The sunflower seeds of the variety BR 122 were pre-soaked in solutions(treatments) for 4 hours and then sown in trays containing washed sand. Two hundred seeds wereused for each treatment in four replications of 50 seeds each. The solution containing 4 mg L-1 Al+3was adjusted to pH 4.5 and then irrigated to all trays, including the control, reaching 60 % watersaturation. Three days after sowing (3 DAS), we evaluated the percentage of seedlings emergencein the first day (PEM1). When was the stability of the emergence, at 13 DAS, was evaluated theindex of emergency speed (IES). The experimental design was completely randomized design with5 treatments and 4 replicates and data were submitted to variance analysis and study of regression.The pre-soaking of sunflower seeds to plant biostimulant causes a significant increase in the earlyemergence of sunflower seedlings under stress conditions with aluminum.

 

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Carlos Alan Couto, IF Baiano
É profrofessor do Instituto Federal de Educação Baiano. Engenheiro Agrônomo (UFRB). Especialista em Educação (FADBA). Mestre em Ciências Agrárias(UFR). Doutorando em Ciências Agrárias (UFRB)
Clovis Pereira Peixoto, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Engenheiro Agrônomo, Doutor em Fisiologia Vegetal, Professor do Ciências Agrárias do Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Brasil
Elvis Lima Vieira, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Engenheiro Agrônomo, Doutor em Produção vegetal, Professor do Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Cruz das Almas, Bahia, Brasil
Everton Vieira Carvalho, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Graduando em Engenharia Agronômica (UFRB), bolsista PIBIC / CNPq

Vicente Américo Barbosa Peixoto, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Graduando em Engenharia Florestal (UFRB)
Published
18-09-2012
How to Cite
Couto, C. A., Peixoto, C. P., Vieira, E. L., Carvalho, E. V., & Peixoto, V. A. B. (2012). Action of cinetina, butyric acid and gibberellic acid on the emergency of sunflower under aluminum stress. Comunicata Scientiae, 3(3), 206-209. https://doi.org/10.14295/cs.v3i3.108
Section
Scientific Note