Análise quantitativa da cebolinha irrigada com água salina

Patrícia Ferreira da Silva, Valéria Santos Cavalcante, Jania Claúdia Camilo dos Santos, Elenize Silva Costa, Josefa Tatiana Vieira Barbosa

Abstract


A cebolinha comum (Allium fistulosum) é uma das hortaliças, mais produzidas no Estado de Alagoas, sendo cultivada por pequenos olericultores. Entretanto, o cultivo desta hortaliça na região sofre sérios problemas com relação à má qualidade da água de irrigação. Nesse sentido, objetivou-se avaliar o crescimento inicial do Allium fistulosum irrigado com diferentes níveis de salinidade da água de irrigação. Em experimento conduzido em condição de campo no campus de Arapiraca da Universidade Federal de Alagoas. Os tratamentos foram cinco níveis de condutividade elétrica (S1: 0,7; S2: 1,4; S3: 2,1; S4: 2,8; S5: 3,5 dS m-1). O delineamento foi em blocos casualizado, com quatro repetições. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste F a (P< 0,05 e 0,01). O máximo rendimento para as variáveis peso seco de raiz, fitomassa total de raiz, comprimento de raiz, número de bulbos, peso fresco de raiz e relação raiz parte aérea foi obtido com aproximadamente 2,00 dS m-1 aos 15 dias após o transplante.As variáveis peso seco de raiz, fitomassa total de raiz, peso fresco de raiz, crescimento de raiz, diâmetro inferior do bulbo e relação raiz parte aérea aos 30 dias após  o transplante tiveram  decréscimo linear com redução a parti de 0,7 dS m-1.


Keywords


Allium fistulosum, Qualidade da Água, Condutividade Elétrica, Produtividade

Comments on this article

View all comments


Copyright (c)