Dimensionamento amostral para a estimação da média de caracteres de tremoço branco

  • Cláudia Burin Universidade Federal de Santa Maria/Campus Universitário, Camobi, Santa Maria-RS, Brasil, 97105-900.
  • Alberto Cargnelutti Filho Setor de Experimentação Vegetal Departamento de Fitotecnia Centro de Ciências Rurais Universidade Federal de Santa Maria Avenida Roraima, 1000 - Campus Camobi CEP 97105-900 - Santa Maria - RS
  • Marcos Toebe Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Universidade Federal de Santa Maria/Campus Universitário, Camobi, Santa Maria-RS, Brasil, 97105-900, m.toebe@gmail.com
  • Bruna Mendonça Alves Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Universidade Federal de Santa Maria/Campus Universitário, Camobi, Santa Maria-RS, Brasil, 97105-900, brunamalves_11@hotmail.com
  • André Luis Fick Curso de Engenharia Florestal/Universidade Federal de Santa Maria/Campus Universitário, Camobi, Santa Maria-RS, Brasil, 97105-900, andre.fick@yahoo.com.br

Abstract

O objetivo deste trabalho foi determinar o tamanho de amostra (número de plantas) necessário para a estimação da média de caracteres de tremoço branco (Lupinus albus L.). Foi conduzido um experimento de tremoço branco em uma área de 50 × 50 m. Aos 157 dias após a semeadura, foram coletadas, aleatoriamente, 400 plantas. Em cada planta foram mensurados os caracteres morfológicos (altura de planta e diâmetro do colmo) e os produtivos (número de vagens, massa verde de vagens, massa verde da parte aérea sem vagens, massa verde da parte aérea, massa seca de vagens, massa seca da parte aérea sem vagens e massa seca da parte aérea). Para cada caractere, foram calculadas medidas de tendência central e de variabilidade e determinado o tamanho de amostra por meio de reamostragem, com reposição, de 10.000 amostras. Para a estimação da média de caracteres produtivos e morfológicos de tremoço branco, com amplitude do intervalo de confiança de 95% igual a 20% da estimativa da média, 127 e 22 plantas, respectivamente, são suficientes.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Cláudia Burin, Universidade Federal de Santa Maria/Campus Universitário, Camobi, Santa Maria-RS, Brasil, 97105-900.
Engenheira Florestal.
Alberto Cargnelutti Filho, Setor de Experimentação Vegetal Departamento de Fitotecnia Centro de Ciências Rurais Universidade Federal de Santa Maria Avenida Roraima, 1000 - Campus Camobi CEP 97105-900 - Santa Maria - RS
Alberto Cargnelutti Filho concluiu o doutorado em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria em 2002. Atualmente é Professor Adjunto III do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria. Atua na área de Estatística Experimental, com ênfase em Técnicas Experimentais, Planejamento de Experimentos, Biometria aplicada ao Melhoramento Genética Vegetal e Climatologia Estatística. Em seu currículo Lattes os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Zea mays L., Phaseolus vulgaris L., avaliação de cultivares, precisão experimental, probabilidade, tamanho de amostra.
Marcos Toebe, Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Universidade Federal de Santa Maria/Campus Universitário, Camobi, Santa Maria-RS, Brasil, 97105-900, m.toebe@gmail.com
Doutorando do Programa de Pós Graduação em Agronomia da Universidade Federal de Santa Maria.
Bruna Mendonça Alves, Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Universidade Federal de Santa Maria/Campus Universitário, Camobi, Santa Maria-RS, Brasil, 97105-900, brunamalves_11@hotmail.com
Mestranda do Programa de Pós Graduação em Agronomia da Universidade Federal de Santa Maria.
André Luis Fick, Curso de Engenharia Florestal/Universidade Federal de Santa Maria/Campus Universitário, Camobi, Santa Maria-RS, Brasil, 97105-900, andre.fick@yahoo.com.br
Curso de Engenharia Florestal/Universidade Federal de Santa Maria
Published
30-06-2014
How to Cite
Burin, C., Cargnelutti Filho, A., Toebe, M., Alves, B., & Fick, A. (2014). Dimensionamento amostral para a estimação da média de caracteres de tremoço branco. Comunicata Scientiae, 5(2), 205-212. https://doi.org/10.14295/cs.v5i2.317
Section
Scientific Note