Dimensionamento amostral para a estimação da média de caracteres de tremoço branco

Cláudia Burin, Alberto Cargnelutti Filho, Marcos Toebe, Bruna Mendonça Alves, André Luis Fick

Abstract


O objetivo deste trabalho foi determinar o tamanho de amostra (número de plantas) necessário para a estimação da média de caracteres de tremoço branco (Lupinus albus L.). Foi conduzido um experimento de tremoço branco em uma área de 50 × 50 m. Aos 157 dias após a semeadura, foram coletadas, aleatoriamente, 400 plantas. Em cada planta foram mensurados os caracteres morfológicos (altura de planta e diâmetro do colmo) e os produtivos (número de vagens, massa verde de vagens, massa verde da parte aérea sem vagens, massa verde da parte aérea, massa seca de vagens, massa seca da parte aérea sem vagens e massa seca da parte aérea). Para cada caractere, foram calculadas medidas de tendência central e de variabilidade e determinado o tamanho de amostra por meio de reamostragem, com reposição, de 10.000 amostras. Para a estimação da média de caracteres produtivos e morfológicos de tremoço branco, com amplitude do intervalo de confiança de 95% igual a 20% da estimativa da média, 127 e 22 plantas, respectivamente, são suficientes.


Keywords


: Lupinus albus L; planejamento experimental; reamostragem

Comments on this article

View all comments


Copyright (c)